Perguntas sobre Epilepsia

As crises convulsivas podem causar outros tipos de doenças? - 21/05/2021

Sim, quando elas são recorrentes e frequentes podem comprometer o aprendizado, raciocínio e atenção!

- 17/08/2021
Obrigado
0
0 especialistas concordaram
Daniel Rodrigues de Oliveira
Neurocirurgia
21
0
4
Tenho ausências desde os 9 anos e crises epilépticas. Aos 31 cheguei à perda de memória por não fazer o tratamento devido. Há 3 anos é raro ter crise. Há 4 meses tomo corretamente Amato 0,25 e estou ótima. Tenho que tomar Genital 100 ou Amato 100 mg? - 12/04/2018

Não recomendo que a senhora pare a medicação sem a orientação do profissional que prescreveu esta medicação, até porque existe uma forma correta de suspender a medicação, se este for o caso.

- 23/04/2018
Obrigado
1
0 especialistas concordaram
Luiz Henrique de Freitas Paula
Neurologia
25
0
82
Quando um epiléptico apresenta perda de memória, qual procedimento tomar? - 04/10/2017

Avalie se a perda de memória é algo momentâneo ou se persiste e até aumenta de frequência. Em sendo momentânea, muito provavelmente é algo que veio juntamente com a crise. Se persiste, precisaria de exames e consulta com especialista para descobrir o que pode ser. No momento em que a pessoa estiver desorientada, não a deixe sozinha. O melhor é levá-la a um hospital onde possa ser avaliada.

- 31/07/2018
Obrigado
0
0 especialistas concordaram
André Tosta Ribeiro
Neurocirurgia
11
0
8
Epilepsia que não tem convulsão ou baba, a pessoa fica imóvel e muito pálida, a temperatura do corpo baixa. O que é? - 23/03/2017

O quadro descrito provavelmente não é de epilepsia. Há necessidade de melhores informações para diagnóstico diferencial entre patologia denominada síncope neurogênica (perda de consciência por outros fatores), hipoglicemias (baixa de açúcar no sangue), desmaios de origem emocional e muitos outros tipos de desmaios que não são epilepsia.

- 21/04/2017
Obrigado
2
0 especialistas concordaram
Jose Carlos Figueiredo Brito
Neurocirurgia
7
0
10
Olá, bom dia... Tenho um filho epiléptico e aqui em Sobral nenhum neuropediatra descobriu o que causa as crises. Ele toma três tipos de medicamentos. Preciso de ajuda... - 16/03/2015

Amigo(a) , a característica principal da epilepsia é exatamente não ter uma causa conhecida ou aparente para as crises. Quando a causa é conhecida já não se chama mais epilepsia. Ela surge de acordo com a idade, genética, etc... O tratamento inclui várias medicações que existem no mercado (em uma medicação só ou combinada com outras), medidas como evitar jejum prolongado, estresse, iluminação excessiva do ambiente, entre outras medidas. Nos casos graves, em que as medicações não controlam as crises, indica-se a cirurgia para epilepsia. Mantenha acompanhamento neuropediátrico e não desista pois, em algum momento, o tratamento surtirá efeito.

- 02/03/2017
Obrigado
1
0 especialistas concordaram
Paulo Andre Couto de Aragao
Neurocirurgia
44
3
41

Tem alguma dúvida sobre Epilepsia?

Pergunte diretamente a um especialista

Atenção: as informações contidas nesta página não visam substituir as orientações do seu médico. Sua pergunta será encaminhada aos especialistas do catalogo.med.br, não sendo obrigatoriamente respondida pelos profissionais listados acima.
Login Centralx
Localização