Psiquiatria

Descrição

A ciência médica que estuda a origem, o diagnóstico, a prevenção e o tratamento dos transtornos mentais.

Ver mais
752
1548
78
912

Tem alguma dúvida sobre Psiquiatria?

Pergunte diretamente a um especialista

Perguntas respondidas por especialistas

Tenho um neto de 19 anos que há uns 2 anos mais ou menos começou a usar cocaína. Não tem interesse em terminar os estudos, não trabalha, mente demais! Não sabemos mais quando está falando a verdade. Parece que tem outra personalidade. O que fazer? - 21/09/2020

Deve levar seu neto a um psiquiatra com experiência em transtornos por uso de substâncias ("drogas"). É necessário tratar o problema do uso, mas também diagnosticar se existe algum outro componente como, por exemplo, transtorno de ansiedade ou depressão. Muitas vezes, quadros psiquiátricos podem decorrer do uso mas, também, podem antecedê-lo e pessoas com transtornos psiquiátricos diversos têm maior probabilidade de usarem drogas.

- 22/09/2020
Obrigado
1
0 especialistas concordaram
Ivan Mario Braun
Psicoterapia
Psiquiatria
522
28
1148
O médico do meu filho trocou o lorazepam por outros dois (fenergan e haldol), mas estou preocupada porque ele disse que pode dar febre e tremores. - 18/09/2020

Normalmente, não deve causar febre, a não ser que o Haldol* (haloperidol) leve a uma reação chamada "síndrome neuroléptica maligna", o que é bem raro. Mas, é um dos motivos pelos quais ele é menos usado que antigamente. Já o Fenergan* (prometazina) não costuma levar a esta reação. Tremores podem resultar do haloperidol, às vezes, também. Vai depender da sensibilidade, da dose usada e muitas vezes melhora com o tempo de uso. Entretanto, sem conhecer pessoalmente o caso de seu filho, não há como dar orientações de tratamento ou saber quais são os remédios mais indicados para ele. Deve falar com seu médico, pois ele conhece bem os detalhes e estará em condições de dar os esclarecimentos e orientações personalizadas para seu filho.

- 19/09/2020
Obrigado
1
0 especialistas concordaram
Ivan Mario Braun
Psicoterapia
Psiquiatria
522
28
1148
É normal ouvir vozes? - 17/09/2020

Ouvir vozes é normal, a não ser que alguém tenha deficiência auditiva. Mas, talvez, o que você esteja querendo dizer, é se é normal ouvir vozes que outras pessoas não ouvem e sem a presença de alguém que esteja emitindo estas vozes. Neste caso, trata-se de um fenômeno chamado de alucinação auditiva, que pode ocorrer numa série de situações, nem todas patológicas. Algumas pessoas referem ouvir, em alguns momentos, alguém chamá-las (sem que alguém as tenha realmente chamado) e isto pode ocorrer em pessoas normais, talvez relacionado a alguma situação de estresse, fadiga ou outra alteração leve do organismo. Situações como estar acordando ou adormecendo podem favorecer este tipo de alucinação. Já alucinações patológicas (doentias) têm a característica de serem mais persistentes, repetitivas e, muitas vezes, as vozes falam coisas e não apenas chamam ou emitem palavras isoladas. Isto pode ocorrer em epilepsias e quadros psiquiátricos psicóticos, por exemplo. Nestes últimos, existe uma perda do vínculo com a realidade e as vozes, em deprimidos, maníacos ou esquizofrênicos, estão inseridos num contexto de alterações de pensamento e delírios (de grandeza, de ruína, de perseguição etc.).

- 18/09/2020
Obrigado
0
0 especialistas concordaram
Ivan Mario Braun
Psicoterapia
Psiquiatria
522
28
1148

Veja médicos próximos especialistas em Psiquiatria: informe sua cidade

Veja médicos próximos à cidade Manaus especialistas em Psiquiatria (alterar cidade)

Ver mais perguntas
Atenção: as informações contidas nesta página não visam substituir as orientações do seu médico. Sua pergunta será encaminhada aos especialistas do catalogo.med.br
Login Centralx
Localização