Psicoterapia

29
76
4
72

Tem alguma dúvida sobre Psicoterapia?

Pergunte diretamente a um especialista

Perguntas respondidas por especialistas

Me separei há uma semana, não por vontade minha, mas consciente dos motivos. Está difícil e confesso precisar de ajuda para superar. Como proceder? - 16/09/2020

Você deve procurar um psiquiatra ou um psicólogo, que são profissionais aptos a ajudar você a superar esta fase difícil.

- 18/09/2020
Obrigado
0
0 especialistas concordaram
Ivan Mario Braun
Psicoterapia
Psiquiatria
526
28
1173
Meu filho de 6 anos está chorando muito para ficar na escola nova (1ºano), já começa a ficar nervoso antes de sair de casa, com a respiração curta e sinais de ansiedade. Todos os dias sofre para se despedir de mim. Depois fica bem na aula... - 13/03/2020

Olá. Essa situação é comum ocorrer em crianças nessa idade pois ela passará a ficar mais tempo longe dos pais e isso acaba gerando o que chamamos de ansiedade de separação, onde a criança teme muito ficar longe dos pais, gerando insegurança, incerteza, temor e bastante sofrimento. Nessa situação o ideal a fazer é o pai ou mãe ficar em sala de aula com o filho por 1 ou dois meses até a adaptação da criança ao ambiente. Caso isso não resolva, é importante levar ao psiquiatra para iniciar o tratamento para evitar que a situação piore.

- 14/03/2020
Obrigado
1
0 especialistas concordaram
Cleber Santos de Santana
Psiquiatria
98
2
298
Ver as 3 respostas
Para um adolescente de 18 anos, com depressão, qual a indicação: o psicólogo ou o psiquiatra? - 23/12/2019

A primeira avaliação deve ser sempre de um psiquiatra. Alguns casos necessitam de remédios e somente um psiquiatra tem condições de avaliar isto com segurança, pois tem formação médica. Quando existir a alternativa de associar psicoterapia (entender os componentes psicológicos do problema e ajudar a pessoa, com base neste conhecimento), cabe ao psiquiatra fazer uma psicoterapia paralela ou indicar outro profissional pra fazê-la. Este outro profissional frequentemente é um psicólogo. Psicólogos fazem faculdade de Psicologia e, se tiverem formação em Psicologia Clínica, poderão fazer psicoterapia. Muitos psicólogos sabem também diagnosticar se há necessidade de medicações, além da psicoterapia, mas muitos não sabem, enquanto TODOS os psiquiatras, por sua formação, tem obrigação de saber fazer este diagnóstico. E, se houver necessidade, o psicólogo não poderá prescrever ("receitar") o remédio, pois não tem formação nem licença para tanto. Em depressões graves, a prescrição de medicações é obrigatória. Em depressões leves ou moderadas, há a possibilidade de tentar o controle só com psicoterapia. Algumas linhas específicas de psicoterapia são cientificamente comprovadas, no tratamento da depressão como, por exemplo, a terapia cognitivo-comportamental, a ativação comportamental e a terapia de aceitação e compromisso. Outras terapias não são comprovadas como, por exemplo, a psicanálise e o psicodrama. Isto não significa que elas não funcionem, mas certamente não se aconselha que sejam usadas como tratamento isolado (i.e., sem uso concomitante de medicação).

- 27/12/2019
Obrigado
0
1 especialista concordou
Ivan Mario Braun
Psicoterapia
Psiquiatria
526
28
1173
Ver as 3 respostas

Veja médicos próximos especialistas em Psicoterapia: informe sua cidade

Veja médicos próximos à cidade Aracaju especialistas em Psicoterapia (alterar cidade)

Ver mais perguntas
Atenção: as informações contidas nesta página não visam substituir as orientações do seu médico. Sua pergunta será encaminhada aos especialistas do catalogo.med.br
Login Centralx
Localização