Por quanto tempo o Remeron e Risperidona funcionam em um tratamento para idoso? Pois sinto que mamãe não está mais dormindo à noite após tomá-los. Seria ideal trocar por outro?

Sobre: Psiquiatria

Por quanto tempo o Remeron e Risperidona funcionam em um tratamento para idoso? Pois sinto que mamãe não está mais dormindo à noite após tomá-los. Seria ideal trocar por outro? - 30/01/2020

A risperidona não é uma medicação cuja função seja fazer a pessoa dormir, apesar de algumas pessoas terem este efeito e ele poder ser útil, em alguns casos. Ele é usado principalmente como estabilizador do humor, antidepressivo em alguns casos e antipsicótico. O Remeron* (mirtazapina) é um antidepressivo que, em doses baixas, pode ser usado como medicação para ajudar na insônia. Em pessoas idosas, sempre se deve tomar cuidado com medicações para dormir, pois podem aumentar os riscos de quedas, principalmente durante a noite. De modo muito frequente, quando se usa uma medicação para dormir, qualquer uma, ela perde ou diminui o efeito após um tempo. Se for usada outra medicação, isto também pode ocorrer e, muitas vezes, isto leva as pessoas a aumentar progressivamente a dose, o que pode ser prejudicial. Na verdade, medicações para dormir devem ser evitadas, por períodos prolongados: deve-se tratar a causa da insônia. A insônia pode ter muitas causas: transtornos psiquiátricos, problemas respiratórios, problemas relacionados à regulação do sono pelo sistema nervoso. Em muitos casos, trata-se de hábitos errados. Há algumas recomendações que podem ajudar a pessoa a dormir:

 

MEDIDAS DE HIGIENE DO SONO

 

1. Ir para a cama apenas quando estiver muito sonolento, sem conseguir manter-se acordado. Não basta estar cansado. Enquanto isto, ficar assistindo à TV, lendo um livro, folheando uma revista ou escutando música. Sempre atividades tranquilas, que relaxem. Filmes de suspense, músicas muito agitadas, atividades como lavar louças ou varrer a casa podem deixar a pessoa ainda mais acordada.

 

2. Se acordar no meio da noite e não adormecer em 15 a 20 minutos, fazer como em (1).

 

3. Exercícios físicos aeróbicos várias vezes por semana. Terminar, o mais tarde, 4 horas antes de ir dormir; caso contrário, pode ficar muito estimulado e dificultar o sono.

 

4. Tomar um lanche leve antes de ir dormir.

 

5. Não fumar, não beber café na parte da tarde.

 

6. Jamais tentar "forçar" o sono: quanto mais a pessoa tenta, mais acordada fica.

 

7. Para algumas pessoas, ajuda tomar um banho morno antes de dormir.

 

8. Acordar cedo, mesmo nos feriados e fins-de-semana.

 

9. Não dormir a mais, mesmo se tiver dormido mal, à noite.

 

10. Não tirar cochilos durante o dia.

- 30/01/2020
Obrigado
3
0 especialistas concordaram
Ivan Mario Braun
Psicoterapia
Psiquiatria
496
25
934

Ao contrário do que se pensa, o nosso cérebro está em mudança constante, o que pode causar a falta de resposta a um medicamento que antes era eficaz. Isso depende menos do medicamento e mais do cérebro da pessoa. A adequação do esquema terapêutico para sua idosa deve ser feita através de consulta ao(à) médico(a) dela, que deverá considerar junto com a família, todas as variáveis envolvidas nessa insônia.

- 24/02/2020
Obrigado
0
0 especialistas concordaram
Marta Ana Jezierski
Psiquiatria
6
0
0

Tem alguma dúvida sobre Psiquiatria?

Pergunte diretamente a um especialista

Ver mais perguntas
Atenção: as informações contidas nesta página não visam substituir as orientações do seu médico. Sua pergunta será encaminhada aos especialistas do catalogo.med.br, não sendo obrigatoriamente respondida pelos profissionais listados acima.
Login Centralx
Localização